ATENÇÃO: Os dados abaixo apresentados são resultado do número de pessoas com deficiência registadas na Associação Portuguesa de Deficientes

Pessoas com deficiência registadas

Total de pessoas registadas: 26 229.

 

Distribuição de Pessoas com deficiência registadas por género

Masculino -57,18%

Feminino - 42,81%

Situação profissional dos registados por género

Gráfico 2: Situação Profissional das Pessoas com deficiência do sexo masculino registadas.

Pessoas Empregadas equivale a 50%, Desempregadas 8%, Pensionistas 2%, Reformados 17%, Estudantes 5% e 18% não indica a sua situação profissional.

Gráfico 3: Situação Profissional das Pessoas com deficiência do sexo feminino registadas.

Pessoas Empregadas equivale a 35%, Desempregadas 6%, Pensionistas 1%, Reformados 10%, Estudantes 6% e 42% não indica a sua situação profissional.

Distribuição das áreas da deficiência a nível Nacional e Regional

Gráfico 4: Áreas da Deficiência a nível Nacional.

A Deficiência Intelectual representa 3,1% das pessoas registadas, Deficiência Visual 5,6%, Deficiência Auditiva 2,4%, Multideficiência 8,5%, Deficiência Motora 72,8% e outras deficiências 7,5%.

Gráfico 5: Distribuição das áreas da deficiência por regiões.

 

A região de Lisboa e Vale do Tejo destaca-se em todas as áreas abordadas com valores que variam entre os 34,73% e os 47,50% com maior predominância às “Outras Deficiências”.

 

A Região Norte apresenta oscilações entre os 15,16% e os 27,73% com maior destaque para a “Deficiência Visual”.

 

A Região Sul apresenta valores muito próximos nas áreas trabalhadas, situando-se entre os 15,01% e os 22,53%.

 

A Região Centro apresenta a “Deficiência Intelectual” como a área predominante, este corresponde a 15,26%. As variações em termos de áreas estão compreendidas entre os 5,83% e os 15,26%.

 

As Ilhas correspondem valores compreendidos entre 4,78% e 14,87%.

Distribuição das áreas da deficiência a nível Nacional e Regional

Nacional

Gráfico 6: A nível Nacional a Deficiência Motora é a área predominante nos vários ciclos de ensino, seguindo-se a Deficiência Visual de uma forma geral.

A Deficiência Intelectual e a Multideficiência apresentam resultados muito similares em cada um dos ciclos escolares.